CREATINA É Segura? Possui Efeitos Colaterais?

A creatina é segura e ajuda no desempenho esportivo de praticantes de exercícios e de atletas. A substância deve ser utilizada de forma equilibrada para evitar efeitos colaterais e gerar resultados positivos para os seus consumidores.

A creatina é um composto nitrogenado, uma substância sintetizada a partir de aminoácidos, é encontrada em tecido muscular na forma de fosfocreatina. Algumas pessoas evitam utilizar a substância devido à ocorrência de problemas digestivos, cólicas, ganho de peso, problemas renais e hepáticos.

Aprenda algo novo. Milhares de cursos incríveis para escolher

Porém, como a creatina é segura e capaz de produzir ganhos no desempenho corporal e para a saúde? Por isso detalhamos neste artigo todas as orientações para você utilizá-la da melhor maneira.

Quais são os efeitos colaterais da creatina?

Creatina é segura - Efeitos no corpo

A creatina quando utilizada em excesso ou de maneira errada pode causar ganho de peso, desidratação, enfraquecimento dos rins, problemas hepáticos, inchaço no corpo, problemas digestivos, síndrome compartimental e cólicas.

Porém, por não ser uma substância anabolizante, segundo a Sociedade Internacional de Nutrição Esportiva a creatina é segura e considerada um suplemento esportivo dos mais benéficos disponíveis no mercado.

Apesar dos efeitos colaterais, a substância não é tóxica e não oferece riscos iminente à saúde humana. As propriedades existentes na creatina ajudam a tratar e prevenir vários tipos de doenças como a diabetes, a perda muscular, os distúrbios neuromusculares e contusões.

Ações da creatina no corpo

Naturalmente, a creatina é encontrada em todo o corpo humano, sendo 95% armazenada nos músculos. Na alimentação, ela é obtida a partir da carne do peixe e da carne bovina, a adição de creatina na alimentação diária visa preencher a queda da produção natural dessa substância em nosso corpo. Para quem pratica exercícios diariamente e possui essa substância armazenada no corpo consegue produzir mais energia na região muscular.

Home Office: Como se Organizar e Trabalhar de Casa
Home Office: Como se Organizar e Trabalhar de Casa

Portanto, além da creatina ser segura ela aumenta o desempenho muscular no exercício.

A creatina causa desidratação?

A creatina, diretamente, não causa desidratação. Ela possui a capacidade de alterar o nível de água armazenada no corpo.  Levando dessa forma, mais quantidade de água para as células musculares. No entanto essa mudança de conteúdo de água celular é pontual e não causa desidratação.

Aprenda algo novo. Milhares de cursos incríveis para escolher

Estudos realizados com atletas universitários norte-americanos que tomam creatina apontaram que os mesmos registraram menos casos de desidratação, fadiga e qualquer tipo de lesão muscular.

A creatina causa ganho de peso?

Quando um esportista começa a tomar creatina há um leve ganho de peso devido à hidratação e o crescimento dos músculos do praticante de exercícios, esse ganho de peso pode ser controlado e compensado com a diminuição da gordura mórbida durantes os exercícios.

O ganho de músculo é uma adaptação positiva que melhora o desempenho do indivíduo, portanto a creatina é segura e é considerada como um suplemento que se adapta no cotidiano do esportista.

A creatina afeta rins e fígado?

Ao ingerir creatina de origem animal na alimentação, é normal que os níveis dessa substância aumentem de forma ordenada no sangue. Porém a sua presença na corrente sanguínea não se traduz em danos para os rins e para os fígados.

A substância deve ser ingerida diariamente em doses não excessivas. Além disso, em casos específicos, com a orientação de um nutricionista quando o corpo exige maiores doses da creatina.

A creatina é segura. No entanto deve-se prestar atenção em caso de atletas que já tiveram outros problemas hepáticos e renais. Principalmente causados por outros agentes como a genética familiar, problemas com bebida alcoólica e dificuldades digestivas. Principalmente estes devem consultar o médico antes de começar a ingestão da creatina.

A creatina causa problemas digestivos?

Se a creatina for ingerida em grande quantidade, as doses excessivas podem causar problemas digestivos. Quando o indivíduo toma a dose recomendada de cinco gramas diárias, não há o risco de ocorrência de diarreias e azias. Em média, a dose recomendada é de 3 a 5 gramas ao longo de um dia.

A creatina altera o efeito de outras drogas

Em processos de interação medicamentosa ou de conflito excessivo do uso de substâncias não medicamentosas o médico deve ser consultado.

Caso o indivíduo esteja utilizando algum medicamento para tratar outra área do corpo, para não sobrecarregar os rins e o fígado, a creatina pode ser suspendida. Mesmo que ela não seja responsável por qualquer tipo de anomalia. Posto que, na maioria dos casos, o uso da creatina é seguro e não altera o efeito de outros medicamentos.

Mas, determinadas substâncias medicamentosas podem alterar os efeitos positivos da creatina como a ciclosporina, aminoglicosídeos, gentamicina, tobramicina, anti-inflamatórios como o ibuprofeno e muitos outros tipos de remédios.

Outros efeitos colaterais

Há relatos da creatina ser uma das causadoras da síndrome compartimental, essa síndrome se refere ao aumento da pressão muscular de forma excessiva em espaços fechados como salas, elevadores, cômodos domésticos, local de trabalho e salas de aquecimento.

Mesmo nos casos de ocorrência da síndrome compartimental nas regiões dos braços e pernas, o inchaço ocorreu pela desidratação causada pelo calor e não diretamente pelo uso da creatina.

Creatina causa rabdomiólise?

A rabdomiólise é uma condição na qual o músculo se decompõe e libera proteínas para a corrente sanguínea, porém não há evidências que a creatina seja a causadora desse processo.

A creatina é segura e ajuda no processo de ganho muscular. Em termos gerais, a creatina combateria a rabdomiólise protegendo os músculos de qualquer tipo de perda.

A creatina é anabolizante?

Creatina é segura - Não é anabolizante

Não. A creatina não é um anabolizante, a creatina é segura e não deve ser confundida com esteróides, isso é um mito encontrado em falsos sites na internet. Como descrito anteriormente, a creatina é uma substância natural de origem animal e já existente em nosso corpo.

Além de ser indicada para atletas, a substância pode ser ingerida por mulheres, idosos, crianças (com acompanhamento pediátrico) e jovens. Segundo as pesquisas, não houve alteração corporal em crianças que utilizaram a substância por mais de três anos, sendo as creatina segura para diferentes idades.

CURSOS POR R$ 84,90 + de 1200 cursos online com certificado ! Para estudar de casa

Pode ser utilizada na gravidez

No período de gestação é aconselhável que, durante o pré natal, a gestante converse com o seu médico sobre a possibilidade de manter a creatina no planejamento nutricional durante os nove meses.

A creatina é segura, use e tenha uma vida mais saudável

A creatina ajuda a você ter mais disposição no dia a dia, para trabalhar, estudar e caminhar. A creatina é segura, fortalece e protege os músculos de seus corpo.

Até o próximo artigo!

(Visited 97 times, 1 visits today)

Aprenda a viver com saúde!

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber grátis as atualizações do blog! E também temos um presente para você, um e-Book totalmente grátis! Estará disponível logo após a sua assinatura em nosso Blog!>

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *