Fiquei desempregado aos 50 anos o que fazer agora?

 Fiquei desempregado aos 50 anos o que fazer agora?

Desempregado aos 50 anos o que fazer? Infelizmente a taxa de demissão está crescendo e muitas pessoas ficaram desesperadas porque precisam pagar a sua conta e manter a família. Talvez essa seja a sua preocupação, por isso está lendo esse artigo agora. Infelizmente isso acontece, mas há maneiras de tentar resolver essa situação que não é das melhores, verdade?

Uma coisa é certa, as empresas estão buscando trabalhadores capacitados. Então você pode ser uma dessas, assim poderá voltar ao mercado de trabalho.

Desempregado aos 50 anos o que fazer?

A primeira coisa é não se desesperar e aproveitar o período do seguro desemprego para buscar outros trabalhos. Dê uma respirada, e assim que estiver mais sossegado, siga as orientações que apresentaremos.

Lembre de uma coisa: as empresas buscam pessoas que estão um passo à frente da maioria. De repente você pode assumir um emprego em um trabalho que muitos não buscam se qualificar para aquela área. Diante disso, é importante colocar em sua mente que nunca é tarde para começar algo novo. Sendo assim, você não colocará barreiras que o impedirão de crescer no mercado de trabalho.

Com isso em mente, veja as dicas a seguir, certamente verá que elas ajudarão a voltar para o mercado de trabalho.

Saiba quem você é como profissional

Nada de pensamento de fracasso, afinal você é um vencedor, chegou até aqui com muito esforço. Sua idade e tempo de trabalho mostram com certeza que passou por várias experiências. 

Como é você como profissional? Faça essa pergunta para si mesmo, então se auto avalie e pense no que fez até agora, como avaliaram o seu trabalho. Então veja quais são as competências que possui, o que precisa mudar, como fazer diferente aquilo que deixou passar. Tudo isso dará uma visão de como será o seu currículo na empresa que deseja.

Desempregado aos 50 anos o que fazer para sair dessa situação a não ser buscar meios de voltar ao posto novamente.

Não esperar demais

Embora seja necessário que você dê uma parada para se recompor do baque de ter perdido o emprego, é importante que volte a face ao horizonte das oportunidades. A situação de cada desempregado difere uma da outra, por isso, alguns até usam esse momento com umas férias. Provavelmente esse não seja o seu caso.

Será que o desespero está batendo à sua porta? Então haja logo, assim que recuperar o fôlego.

Fazer cursos

Qual é a minha carreira profissional? Essa deve ser a sua pergunta. Não sei a quantidade de dinheiro que recebeu da empresa, mas uma coisa importante é investir parte dele.

É claro que será muitas vezes difícil, mas pode ser investido em algum curso, se especializar, renovar, ampliar conhecimento, atualizar, etc.

A renovação de conhecimento ampliará o seu contato. Imagine, você foi demitido, porém, mais capacitado do que nunca. Isso parece ruim? Claro que não! Do desemprego à maior oportunidade.

Abrir oportunidades de mudança

Quando a sua mente fica choramingando: fiquei desempregado aos 50 anos o que fazer? Diga-lhe que você transformará isso em oportunidade. Isso não é autoajuda, é motivação para seguir e aproveitar as oportunidades.

Sabe o que acontece quando você está aberto a mudanças? Se torna mais flexível, buscando alguma área que desejava atuar anteriormente. Além disso, as opções agora são muitas, porque o mercado de trabalho oferece várias opções.

Lembre de uma coisa, várias pessoas mais novas não buscam capacitação, então você estará assumindo o que eles não correm atrás. 

Fazer networking

Sim, criar uma Networking e fazer reuniões será ótimo para você. Provavelmente ficou desligado de diversos contatos, preso às questões da empresa, o que é normal, mas pode agora fazer uma coisa nova. 

Reuniões de sindicato, conselho regional profissional, seminários de encontro, podem ser uma oportunidade. A consequência disso pode ser uma volta ao mercado de trabalho. Nessas categorias de reuniões, você será visto e vai conhecer outras pessoas.

Usar as redes sociais

Você percebe que o mundo ao seu redor está cada vez mais na internet, criando redes sociais. Elas podem ser muito bem aproveitadas para entregas de currículos.

Além disso, algumas pessoas criam grupos de oportunidade de trabalho. Eles são muitas vezes criados para  busca de profissionais para exercer certa função. Diante das formas de vagas, trabalho, salários, você pode enviar um currículo sendo um dos candidatos. 

Algumas destas vagas são para cidades longe de sua residência, mas outras são mais perto. Existem vários sites que vão te ajudar a arrumar emprego.

Montar bem o currículo

Já falamos aqui sobre a importância de você fazer uma autoavaliação de si mesmo. Então use isso para fazer um currículo chamativo. Quais são as experiências que teve, cursos que fez, em que empresas trabalhou. Se você tiver um currículo chamativo, aumentam as chances de ser chamado.

Profissões que mais estão recebendo pessoas de 50 anos

Você já fez uma pesquisa das categorias de emprego que mais contratam depois dos 50 anos? Se não fez ainda, deveria, mas adiantamos para você algumas coisas.

Desempregado aos 50 anos o que fazer - Profissioes promissoras

Uma coisa interessante para você, como está desempregado, tem maior tempo para escolher até uma profissão maior do que a de antes. Observe essas que mostremos, veja se alguma chama a sua atenção:

Profissões operacionais nível médio, jornada e média salarial:

  • Faxineiro, 43h, 1.269,95;
  • Motorista de caminhão (rotas regionais e internacionais), 44, R$1.949,85;
  • Pedreiro, 44, R$1.817,22;
  • Assistente administrativo, 43,  R$2.033,47;
  • Zelador de edifício, 43, R$1.412,23;
  • Soldador, 44, R$2.376,04;
  • Almoxarife, 44, R$1.717,25;
  • Eletricista de manutenção eletroeletrônica, 43, R$2.144,85.

Gostou desta lista? Saiba que ela é muito maior que essa, sem contar que essas são ao nível médio. Elas são as que mais estão contratando acima dos 50 anos. Aproveite.

Últimas Considerações

Se a sua pergunta: desempregado aos 50 anos o que fazer te deixou cabisbaixo, agora não tem mais motivos para isso. Você percebeu que esses pontos citados no artigo mostraram que você tem uma nova oportunidade.

Sua determinação vai mostrar onde deseja chegar, então é possível sair do desemprego aos 50 anos. O que achou deste conteúdo, foi importante para você? Saiba que aqui em nosso site temos outros assuntos que te ajudarão. Acesse agora mesmo, qualquer dúvida, estamos aqui para lhe ajudar!

Não deixe de ler o artigo sobre como funciona a aposentadoria no Brasil!

 

Artigos Relacionados

1 Comment

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.