Melhores Espécies de PANCs para Consumir no Dia a Dia

Você conhece ao menos algumas espécies de PANCs? Nunca nem ouviu falar nesse termo? Então esse é o momento de você adquirir mais conhecimento sobre esse assunto. PANCs são Plantas Alimentícias Não Convencionais que estão presentes nos nossos quintais e campos não lavrados, nos pomares e até no mato. A ora pro nobis é um belo exemplo!

Muitas vezes elas não são consumidas porque a população não as conhece ou eventualmente não as encontra nos mercados convencionais. Acima de tudo, elas são muito saborosas e possuem um valor nutricional muito alto. Além do mais, como podem ser encontradas com facilidade basta colhê-las e prepará-las para usufruir dos seus benefícios.

Mas você sabe quais são as melhores espécies de PANCs que podem ser consumidas no cotidiano? Faz alguma ideia de consumi-las? Tudo isso você verá a seguir.

Espécies de PANCs que podem ser consumidas no cotidiano.

Há uma grande variedade de plantas PANCs. Desse modo, algumas delas já estão se tornando bastante conhecida da população e por isso seu consumo está aumentando aos poucos. A ora pro nobis está cada vez mais conhecida. E apesar desse avanço, boa parte dessas plantas ainda são desconhecidas e por isso muitas vezes são descartadas.

Veja a seguir algumas das melhores espécies de plantas PANCs e como fazer receitas saudáveis com elas.

Radite ou almeirão-do-campo.

especies de pancs

 

Esta é uma planta que é nativa da região sul do Brasil. Ela é facilmente encontrada nos caminhos, pomares, campos não lavrados, clareiras de matas, terrenos baldios e cafezais. É muito comum encontrá-la no inverno.

Suas folhas possuem uma grande quantidade de fósforo, zinco, potássio e cálcio o que proporciona diversos benefícios ao organismo. É justamente essa parte da planta que pode ser consumida em sopas, refogados e até nas saladas.

Para fazer uma salada de radite pique bem suas folhas. Pegue um alho picado e frito com um pouco de azeite. Em seguida, jogue esse azeite bem quente em cimas das folhas e misture. Se quiser pode colocar um pouco de sal e acrescentar bacon tostado. Sem dúvida, o ideal é que essa salada seja servida assim que o preparo terminar.

Azedinho ou trevo azedo.

especies de pancs

Ela cresce nos lugares que não possuem tanta claridade criando uma espécie de cobertor sobre a terra na cor esverdeada. Essa planta é facilmente encontrada onde crescem as samambaias.

Uma ótima forma de consumi-la é através de saladas verdes já que seu sabor azedo dá aquele toque especial do limão. Mas nada impede de utilizá-la cozida para preparar alguma comida quente como a sopa, por exemplo. Outra forma de consumo é misturando ao suco como o de laranja, mel e gelo.

Você pode fazer esta receita bem simples e saborosa de salada de azedinho. Para isso, além das folhas você pode utilizar os pequenos bulbos que estão na raiz e se parecem com ervilhas e que podem ser consumidos. É preciso lavar bem para tirar toda a terra que esses bulbos possuem.

Antes de comer cozinhe os bulbos. Depois disso e quando estiverem frios você pode misturar as folhas e os talos que podem ou não estarem picados e temperar como achar melhor. Caso queira, pode acrescentar um pouco de sal, azeite de oliva e limão.

Capuchinha.

espécies de pancs

Mais uma espécie de PANCs comestíveis é a capuchinha. Ela é bem suculenta e se alastra nos solos que são úmidos, aerados e ricos em matéria orgânica. Suas folhas possuem o formato arredondado e sua coloração é azul-esverdeada. Além disso suas flores são vistosas e possuem tom que vai do amarelo ao vermelho-escuro.

Toda sua parte aérea é comestível como os botões florais, frutos verdes, flores, folhas e caule. Da mesma forma que as folhas, as flores possuem um sabor picante que é similar ao agrião.

Uma ótima receita que pode ser preparada com a capuchinha é a salada. Para isso, será necessário ter 400 gramas de bacalhau dessalgado e desfiado. Ele deve ser misturado a 1 colher e meia de vinagre, 1 colher de azeite de oliva, 2 colheres e meia de cebola roxa fatiada e pimenta-do-reino.

Feito isso, deixe marinando na geladeira por 2 horas. Em seguida, coloque 16 tomates-cerejas cortados em 4 e se quiser pode colocar 20 flores de capuchinha. Também acrescente 8 folhas de capuchinha que podem ou não ser picadas e misture tudo.

Ora pro nobis.

especies de pancs

Uma das espécies de PANCs mais conhecida é o ora pro nobis. Esta trepadeira se desenvolve em diversos tipos de clima e solo, possui um valor nutricional alto e é muito fácil cultivar. Ela é rica em fibras, fósforo e vitaminas A, B e C. Suas folhas são comestíveis e tanto podem ser consumidas frescas quanto secas ou até cozidas ou cruas.

Também podem ser acrescentadas na massa do pão para dar um sabor a mais. Ainda é possível encontrar algumas receitas que façam uso das suas flores. Só para ilustrar, as flores da ora pro nobis duram somente um dia! Eu tive a sorte de presenciar o momento da abertura do botão.

especies de pancs - ora-pró-nobis

Para preparar um pão com ora pro nobis é preciso dissolver 50 gramas de fermento para pão com 1 colher de açúcar e ½ copo de água morna. Depois mistura-se 2 ovos inteiros, 2 colheres de margarina e 1 colher de sal e deixe reservado. No liquidificador coloque 100 gramas de folhas do ora pro nobis com ½ copo de água fria e bata.

Pegue essa mistura e coloque com a que estava reservada e adicione 500 gramas de farinha de trigo. Coloque até que se solte das mãos. Sove bem e coloque para descansar até que seu volume dobre. Pegue a massa e a divida em duas partes e deixe que cresça novamente. Depois é só assar no forno pré-aquecido.

Como consumir.

Para preparar receitas de PANCs não há muito segredo. Afinal, para que ela seja incluída na alimentação é preciso saber qual ingrediente da culinária tradicional aquela espécie pode substituir. Como assim? Vamos tomar como exemplo o espinafre que é utilizado em diversas receitas e pratos.

Uma ótima substituta para essa espécie é a urtiga. Já a batata-inglesa pode ser substituída com diferentes espécies de cará. Os pudins e bolos? Eles também podem acrescidos por diversas raízes, frutas ou até caules tuberosos como o aipim ou cenoura, por exemplo.

Além disso a substituição de um ingrediente por outro não faz com que o preparo seja modificado. Assim sendo, é possível utilizar a taioba ao invés da couve, a serralha no lugar da escarola e o caruru em substituição ao espinafre.

Para ter os pastéis e tortas como alimentos saudáveis pode-se utilizar algumas espécies de PANCs no recheio como a beldroega, por exemplo. Já a folha do picão pode ser preparada como um chá que possui em contrapartida um sabor incrível. Quer uma PANC que possua o sabor profundo de alcachofra? Então utilize a planta que é conhecida por guasca.

Resumindo.

Algumas espécies de PANCs são mais conhecidas e até utilizadas por parte da população. Dessa forma elas são ótimas opções de alimento para quem deseja ter uma vida saudável e usufruir dos benefícios que elas oferecem. Finalmente não se esqueça por exemplo dos benefícios da ora pro nobis! Por fim boa parte delas pode substituir ingredientes que estão presentes no dia a dia.

Essas informações lhe ajudaram? Qual a sua opinião sobre nosso conteúdo? Deixe seu comentário e compartilhe nossa página.

Espero que tenha gostado desse artigo.

Um abraço, João Vasconcelos.

Curso Online de PANCs

Dos Jardins Produtivos à Mesa, traz 12 módulos com mais de 30 vídeo-aulas, onde são mostradas dezenas de PANCs e é ensinado detalhe por detalhe de cada planta, ou seja, como identificar, como consumir, o que consumir. E o melhor todas as aulas são práticas e gravadas no Sitio PANC, que Fábio Mariani tem em Manaus.

* * * Clique aqui para conhecer melhor esse treinamento * * *

curso de pancs

Você terá acesso a todo o conteúdo abaixo 
com desconto especial por tempo limitado

curso panc online

4 Alimentos Que Aceleram o Envelhecimento (Cuidado!)

101

 

Melhores Espécies de PANCs para Consumir no Dia a Dia
5 (100%) 2 votes

Veja também

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *